nacional-interessado-em-ex-comandado-de-martin-lasarte-no-chile-Futebol-Latino-17-06
Foto: Divulgação/Universidad de Chile

*Por Juliano Rangel

A última sexta-feira (11) foi de despedida no centro de treinamento da Universidad de Chile. Depois de sete anos e meio no clube, o volante Gustavo Lorenzetti deixou a equipe para atuar no Nacional, do Uruguai.

Leia mais: Presidente da AFA rebate Marcelo Gallardo: “É o técnico ideal para a Argentina”

Universidad Católica confirma a chegada de Edson Puch

O jogador de 33 anos, por meio de um vídeo, explicou que sua saída do clube foi decidida em comum acordo com a diretoria. “Tomei uma decisão em conjunto com o clube. Creio que é a melhor decisão para mim e creio que também é para o clube”, destacou El Duende.

Ele também agradeceu a todos que o ajudaram em sua passagem pela La U. “Aos torcedores, às vezes não encontro palavras que sirvam. Vou estar eternamente agradecido pelo carinho com que me brindaram durante estes anos. É difícil falar nestes momentos. São sensações encontradas e desencontradas”, revelou o volante.

Por último, Lorenzetti relembrou as conquistas obtidas com a camisa da Universidad de Chile. “Sempre vai estar em minha memória o título da Sul-Americana (2011), foi frutífera essa conquista. Conseguimos títulos importantes, ganhando finais contra Colo-Colo e a Universidad Católica. Eu vivi ao máximo, e desfrutei muito. Trate sempre de respeitar essa camisa, de entender o sentimento do torcedor. Vou sendo deste clube”, finalizou o argentino.