COMPARTILHAR
convenio-entre-mexico-e-estados-unidos-faz-nascer-a-campeones-cup-Futebol-Latino-13-03
Foto: MLS/Liga MX

Se antes as equipes de México e Estados Unidos se limitavam a duelar em jogos da Liga dos Campeões da Concacaf, agora o calendário prevê mais um encontro entre equipes das duas competições. Mais precisamente, dos campeões da Liga MX e da MLS.

Leia mais: Saldo de confusões no GreNal: 12 punidos em mais de 100 partidas
Árbitros da quinta-feira de Libertadores são finalmente informados

Em anúncio feito oficialmente nessa terça-feira (13), foi firmada uma parceria dos países vizinhos na América do Norte que originou a Campeones Cup, torneio que, em 2018, reunirá o Toronto FC e o vencedor do jogo entre Tigres e o campeão do Clausura mexicano.

No momento, o confronto único está programado para o dia 19 de setembro e será no Canadá, mas essa realidade tem tudo para ser ampliada a partir de 2019. Isso porque, além do jogo das estrelas dos dois campeonatos, haverá uma competição mais ampla envolvendo não só os campeões, mas sim os melhores times da região.

As palavras dos mandatários das duas ligas denotam uma visão da parceria carregada de muito otimismo em relação a Campeones Cup. Don Garber, comissário da Major League Soccer, falou em “quebra de barreiras” em uma ação “sem precedentes”.

“Nós (MLS) e a Liga MX temos a oportunidade de fazer algo sem precedentes na América do Norte. Nós podemos trabalhar juntos em algo que atravessa fronteiras, único e especial que tanto os fãs do México, Estados Unidos e Canadá podem se beneficiar.”

Já na visão de Enrique Bonilla, presidente da Liga MX, a declaração também visou a promoção da campanha dos três países visando trazer a Copa do Mundo de 2026 para o continente:

“Percebemos que o mundo está se tornando mais global e que não existem mais fronteiras no futebol. Então começamos a conversar sobre fazer algo juntos e sermos mais competitivos no futebol, não só dentro de campo. Estamos mostrando ao mundo que podemos fazer outras coisas juntos, não somente a Copa do Mundo. Se podemos trabalhar em conjunto com as ligas, então definitivamente podemos trabalhar juntos para fazer a melhor Copa do Mundo de todos os tempos.”