Foto: Divulgação

Mais uma competição organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) pode sofrer profunda mudança em sua forma de disputa pelo menos de acordo com a informação do jornalista argentino Hernán Castillo.

Leia mais: Brasil é o favorito ao título da Copa América
Universidad Católica empata em casa e perde chance de disparar na ponta do campeonato chileno

Segundo o que divulgou em meio ao programa Halcones y Palomas da emissora local TNT Sports, os organizadores do lado da Argentina chegaram a um acerto com oc colombianos em relação a Copa América 2020 onde os dois países serão sede no que diz respeito a disputa da grande final acontecer em confrontos de ida e volta. Além disso, foi acertado que a abertura do torneio também será em solo Albiceleste.

Nesse modelo, ainda resta ser acertado quem receberia o primeiro e o segundo confrontos, algo que segue na dependência de como a Conmebol se comportará com a ideia de que os argentinos querem se candidatar e receber apoio da entidade sul-americana para, em 2023, sediar a Copa do Mundo Feminina.

Em caso positivo, a Argentina estaria disposta a sediar o confronto de ida e repassar a partida que definirá o campeão da edição do próximo ano da Copa América em Bogotá. Ainda não há informações de qual seria a repercussão de uma possível negativa da Conmebol a esses termos.