COMPARTILHAR
Foto: Divulgação/Sportivo Luqueño

Após 11 rodadas do Campeonato Paraguaio, o Sportivo Luqueño não engrenou e com a vice-lanterna nas costas sobrou para o treinador. O argentino Adrián Coria, não resistiu a mais uma derrota e foi demitido.

Leia Mais: Juan Manuel Vargas luta contra a balança para jogar pelo Universitario
Técnico do Jorge Wilstermann pode perder emprego caso tropece na Libertadores

A diretoria do clube paraguaio agiu rápido e apesar das especulações com os nomes de Pablo Caballero, Daniel Farrar e Diego Gavilán, o presidente Walter Benítez resolveu promover o auxiliar técnico Héctor Schonhauser como técnico principal.

Vale lembrar que o treinador já esteve à frente da equipe na estréia da Copa Sul-Americana, diante do Deportivo Cali, na Colômbia. Naquela partida, o time paraguaio foi derrotado por 1 a 0 e no jogo seguinte Adrián Coria assumiu o comando técnico.

Além de Héctor Schonhauser que fica como treinador, ele terá Daniel Ferreira como assistente técnico e César Benítez como preparador físico.

O primeiro desafio do novo treinador será dia 21 de abril, diante do General Díaz, pela 12ª rodada do Apertura Paraguaio.