SHARE
Foto: Divulgação

Andrés D’Alessandro é certamente um dos principais jogadores da gloriosa história do Internacional. Capitão do time há exatos seis anos, o camisa 10 falou sobre a sua importância dentro do clube e a responsabilidade que carrega com a faixa.

Leia Mais: Eliminação na Champions pode conduzir técnico argentino ao Real Madrid
Magrão analisa Sport: “O favoritismo tem que ficar fora de campo”

É uma alegria, uma história que fica. A braçadeira é um responsabilidade, ela já passou pelo Fernandão, vou defender essa braçadeira até a morte”

O argentino também falou sobre a derrota da última quarta-feira, quando o Colorado tomou conta do jogo, mas acabou derrotado pelo Caxias.

“O resultado contra o Caxias não condiz com o que jogamos. Tivemos uma boa atuação. Ficamos tranquilos para continar trabalhando na mesma linha e confiando no que estamos fazendo”.

Apesar do Inter ter voltado da Série B e viver um processo de reconstrução, D’Ale acredita que o Colorado pode sonhar com vôos altos na temporada e mira títulos.

“Não tem como não pensar em título jogando no Inter. Continuo pensando da mesma maneira: vamos trabalhando, somando pontos e, quem sabe, podemos atingir um outro objetivo”