depois-de-atuacao-ruim-agenor-fica-perto-de-deixar-o-sport-Futebol-Latino-20-04
Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

A estreia do Sport no Brasileirão perdendo por 3 a 0 para o América-MG foi ruim em todos os sentidos. Principalmente para o goleiro Agenor, criticado por falhar em pelo menos dois dos três gols sofridos pelo Leão da Ilha em Belo Horizonte.

Leia mais: Arsène Wenger credita técnico do New York City a comandar o Arsenal
Jogador inglês rasga elogios ao futebol do Liverpool sem Coutinho

Somado isso ao fato de que o mesmo foi colocado para treinar entre os reservas, a movimentação nos bastidores indica que o arqueiro percebeu a perda prestígio e teria ele mesmo pedido, segundo informação do Globo Esporte, para não continuar no clube.

No momento, até onde se sabe, houve apenas um contato na última quarta-feira (18) entre o empresário do jogador, Mickael Portela, e a diretoria do Sport que acabou não tendo nenhum tom de definição pelo impasse em relação a como se daria a rescisão contratual.

Do lado do empresário, ele pediu para que Agenor fosse liberado com o pagamento salarial até o término do vínculo, em dezembro de 2019. Por parte dos diretores, a proposta foi negada e a contra-proposta feita se refere ao rompimento de forma amigável com o atleta abrindo mão dos salários restantes.