Foto: AFP

O Deportivo Santaní fez história na Copa Sul-Americana. Após empatar o jogo de ida em casa, nesta quinta-feira, o time paraguaio venceu o Once Caldas por 2 a 0 e avançou no torneio continental.

Leia Mais: Libertad abre vantagem diante do Atlético Nacional na Pré-Libertadores
Bahia empata com o Liverpool e está fora da Sul-Americana

O Confronto

O primeiro tempo foi equilibrado. Dentro de casa, o time colombiano buscava mais o campo de ataque e tentava encurralar o adversário, que demonstrava dificuldade para segurar as descidas colombianas.

Apesar da superioridade do Once Caldas, a primeira chance foi do Santaní. Após lançamento no campo de ataque, o goleiro bateu cabeça com os zagueiros e a bola ficou limpa para Iván Cazal. O camisa 11 tentou a conclusão e foi derrubado pelo zagueiro.

A resposta do Once Caldas veio em bela jogada individual de David Rodríguez, que tabelou na entrada da grande área, invadiu a grande área e exigiu um milagre do goleiro Gustavo Arévalos.

Nos minutos finais o time paraguaio abriu o placar. Em cruzamento da esquerda, Cristian Aguada entrou sem marcação e empurrou para o fundo da rede.

Na etapa final um lance nos primeiros minutos chocou jogadores em torcida. Após bater a cabeça com o companheiro, Jorge Aguilar caiu desacordado no gramado e precisou ser resgatado pela ambulância.

Quando a partida reiniciou, o Once Caldas voltou com força no ataque e abusava da bola aérea. Em raro momento de triangulação, Eder Steer recebeu passe na pequena área e foi bloqueado no chute.

No abafa em busca do empate, o time da casa teve duas chances boas com Salcedo. Na primeira, ele ficou livre na entrada área e mandou por cima. Na última, o atacante apareceu livre na grande área e chutou rente a trave.

No último lance do jogo, em busca do empate, o Once Caldas mandou a equipe toda, inclusive o goleiro Ortiz para a grande área. A cobrança não saiu como o planejado, o Santaní saiu no contra-ataque e sem o arqueiro para defender, Cazal mandou para o gol, 2 a 0.