SHARE

A fatídica eliminação contra o Lanús na Libertadores foi o último ato de Diego Aguirre como técnico do San Lorenzo. Nesta sexta-feira, o uruguaio entregou o cargo e deixou o time argentino sem treinador.

Leia Mais: Emily Lima não é mais técnica da Seleção Brasileira feminina
Duas latinas concorrem ao prêmio de melhor jogadora do mundo

Durante o período que esteve à frente do clube, Aguirre comandou o San Lorenzo em 57 oportunidades, com 29 vitórias, 12 empates e 16 derrotas. O ataque marcou 87 tentos e sofreu 60. O aproveitamento do uruguaio na equipe argentina foi de 57,89%.

Ainda sem nome para substituir o uruguaio, o San Lorenzo será comandado pelo auxiliar técnico Pampa Biaggio, no duelo contra o Estudiantes, válido pelo Campeonato Argentino.

Mais uma queda na Liberta

Essa não foi a primeira vez que Diego Aguirre deixou o comando técnico de uma equipe após eliminação na Libertadores. Ano passado, quando dirigia o Atlético-MG, o treinador deixou o Galo quando foi eliminado pelo São Paulo nas quartas de final do torneio continental.

SHARE