diego-lopez-afirma-que-penarol-nao-esteve-no-nivel-da-sua-tradicao-Futebol-Latino-31-07
Foto: Antonio Lacerda/EFE

Após a partida que marcou a eliminação do Peñarol na Copa Sul-Americana, perdendo de 3 a 1 para o Fluminense no Maracanã, o técnico Diego López foi bastante sincero com a qualidade do futebol apresentada por seus comandados nas oitavas de final do torneio.

Leia mais: Técnico do Godoy Cruz encara Dudu na zona mista do Allianz Parque
Zagueiro do Godoy Cruz deixa campo revoltado e revela diálogo com árbitro

“No segundo tempo tivemos a bola, mas, no futebol, isso não basta e sabemos que não estivemos a altura do que é o Peñarol no nível internacional Temos que melhorar, levantar a cabeça rapidamente porque a vida continua. Temos que tratar de melhorar dia a dia, mas, quando se comete muitos erros a nível internacional, se paga. Creio que tivemos muita culpa nos cinco gols que nos fizeram. Muitas vezes estivemos mal posicionados, quando se fecharam quisemos forçar as jogadas e perdíamos a bola. Nos faltou marcar e ser agressivos, quando você vai para a defesa não pode deixar fazerem cruzamentos, nos faltou tudo isso”, avaliou López.

O comandante da equipe uruguaia ainda colocou que o fato de ter sofridos gols atuando no Campeón del Siglo, apesar da confiança que seguia forte no pós-jogo, se mostrou determinante para a classificação dos brasileiros:

“Nas eliminatórias você tem que fazer um resultado, que não te façam gols de local e fizeram dois em nós. Tínhamos confiança de virar e classificar. Logo aconteceu o que vimos hoje, tomamos um gol cedo que nos complicou a partida. Nos faltou agressividade, quando não tínhamos a bola nos faltaram muitas coisas, a concentração. A nível internacional, quando te falta isso, você paga.”