universidad-de-chile-vence-rangers-fora-de-casa-pela-copa-chile-Futebol-Latino-09-06
Foto: Divulgação/Universidad de Chile

Em situação delicada no campeonato nacional e com a séria ameaça de rebaixamento, a diretoria e jogadores da Universidad de Chile vivem um 2019 fora do normal, com inúmeras críticas e pressão das arquibancadas.

Leia Mais: Efeito Copa: o panorama do futebol feminino na América do Sul
Ícone do futebol colombiano explode contra técnico da seleção

No último dia 21 de agosto, inconformados com a situação do clube na temporada, cinco torcedores foram até a casa de Felipe De Pablo, gerente de futebol da La U e atacaram o local. Além disso, deixaram uma coroa de flores em referência a uma ameaça de morte.

Após alguns dias de buscas, a polícia de Santiago finalmente sacramentou o caso ao capturar todos envolvidos e colocar atrás das grades.

Agora, todos os torcedores serão julgados nos próximos dias e a pena pode ficar pesada por conta das ameaças e atos de vandalismos.

Depois de 20 jogos disputados, a Universidad de Chile aparece na 14ª colocação, com 20 pontos, três a mais que o Antofagasta, primeiro time do Z2.