Foto: Ultima Hora

*Por Mônica Alvernaz

A última temporada de Diego Churín pelo Cerro Porteño foi memorável: artilheiro do clube no Clausura 2018, o atacante ganhou destaque pelo seu desempenho.

Leia mais: Meia ex-Palmeiras é apresentado como reforço no Catar
Agente de Cristian Cueva nega proposta do Independiente

Como acontece quando um jogador se destaca, outros clubes acabam de olho para tirar o atleta da equipe que ele defende. Apesar disso, não há necessidade da torcida paraguaia se preocupar: segundo Roberto Nanni, dirigente do clube, Churín fica no elenco para 2019.

Em entrevista coletiva durante a pré-temporada, Nanni foi direto ao falar sobre a única possibilidade de saída de Churín do Cerro Porteño. “Precisaria ser uma oferta muito vantajosa, porque ele deixaria um buraco difícil de cobrir”.

Até o momento, o Cerro Porteño confirmou para o elenco deste ano os seguintes reforços: Julio dos Santos, Salustino Candia, Joaquín Larrivey, Juan Pablo Carrizo e Rodrigo Muñoz.

Apesar de considerar todos os recém-chegados jogadores de “nome, hierarquia e experiência”, Nanni afirmou que o Cerro ainda procura reforços para o elenco de 2019. “Seguiremos buscando três ou quatro nomes para agregar ao elenco”.

Vale lembrar que, aos 29 anos, Churín foi o artilheiro do Cerro em 2018, com 12 gols. Revelado no Independiente, o atacante defende as cores do clube paraguaio desde 2017.

O atacante é considerado uma das principais peças para a disputa da Libertadores 2019. Garantido na fase de grupos, o Cerro Porteño disputará inicialmente com Nacional do Uruguai, Zamora e uma terceira equipe que será definida entre Danúbio, Atlético-MG, Bolívar, Defensor e Barcelona de Guayaquil.