COMPARTILHE
Foto: Jorge Vergara/Divulgação

A saída dos times mexicanos da Libertadores ainda está dando o que falar. Nesta quarta-feira, o presidente do Chivas Guadalajara, Jorge Vergara, concedeu entrevista ao portal MedioTiempo e criticou a postura da Conmebol.

Leia Mais: Técnico Miguel Herrera faz Mannequin Challenge com imprensa mexicana
Oscar Tabárez alcança mais um recorde no comando do Uruguai

“É um verdadeiro fracasso. A Conmebol cometeu um erro grave com essa mudança no calendário e agora perderam dinheiro, torcida no estádio e outras coisas. Os mexicanos perdem a oportunidade de jogar um torneio importante e a chance de expor a sua marca para o mundo”, afirmou.

Chateado com a mudança no calendário, principal motivo que fez os mexicanos desistir da competição, Vergara admitiu que já estudava a montagem do elenco para disputar a Libertadores 2017.

“A nossa diretoria tinha um sonho muito grande de conquistar o torneio e estávamos conversando com a comissão técnica para montar um time competitivo. Uma pena acabar assim”.

Sobre a questão financeira, o dirigente deixou claro que apesar dos mexicanos disputarem a Libertadores há anos, o torneio nunca foi lucrativo para os clubes da Liga MX.

“Nós lamentamos a saída do México em muitos aspectos, menos na questão financeira. Os clubes nunca ganharam dinheiro de fato”, finalizou Vergara.