Foto: La Tercera

Após mais um ano decepcionante e com a chance de vencer o campeonato chileno cada vez mais distante, o Colo-Colo começa a planejar a temporada 2020 e analisa a manutenção de algumas peças do elenco.

Leia Mais: Veterano meia sul-americano revela que poderia ter jogado no Brasil
Sul-americano encerra passagem na Europa após cinco minutos em campo
Ex-Palmeiras, Jorge Valdivia ataca Alexandre Mattos: “Gordo safado”

Entre os mais questionáveis aparece Jorge Valdivia. Ídolo da torcida, a sua presença ainda é uma incógnita dentro do clube albo. O seu contrato encerra no fim do ano e não existe uma certeza no Colo-Colo se vale a pena ou não investir na sua continuidade.

Nesta quinta-feira, pela primeira vez a diretoria do Cacique se manifestou a respeito do camisa 10. Em conversa com a Bio Deportes, o diretor de futebol Harold Mayne-Nicholls abriu o jogo e admitiu que existe o desejo, pelo visto inicial, de sentar com o atleta e negociar a renovação do contrato.

“É notório o interesse de Valdivia em ficar conosco. A comissão técnica gosta do seu jogo, a diretoria quer a sua permanência e os funcionários também gostam muito do atleta. Agora é sentar, conversar tranquilamente e chegar a um acordo ótimo para os dois lados”, declarou o dirigente.

“Não gosto de cravar se o jogador fica ou não. O futebol é uma caixinha de surpresas. Uma hora está tudo certo, mas do nada a negociação desanda e você é cobrado. Vamos aguardar”, completou.

Polêmica na rede

Na última quarta-feira, Jorge Valdivia, identificado com o Palmeiras, usou a rede social para disparar contra Alexandre Mattos, atual diretor de futebol do Verdão. O caso ganhou muita repercussão e, diante do fato, a chance do Mago voltar ao Brasil para encerrar a carreira no Verdão, com o diretor dento do clube, é praticamente zero.