SHARE
Foto: AFP

A segunda-feira é cercada de grande expectativa no futebol argentino. Na parte da tarde, uma reunião entre Edgardo Bauza e dirigentes da AFA, deve selar a saída do comandante da albiceleste após sete meses no cargo. Nomes não faltam para assumir o cargo e Jorge Sampaoli surge como principal favorito.

Leia Mais: Clube que deseja Ronaldinho vence rival por goleada nos EUA
Goleiro do Colo-Colo é cobrado por ídolo após falha no clássico

Apesar da possibilidade de deixar o Sevilla para ajudar seu país a conquistar uma vaga na Copa do Mundo da Rússia, Ramón Rodriguez, importante dirigente do time espanhol, confia na permanência do treinador.

“A seleção da Argentina passa por um momento muito complicado e acho que ele pode se frustrar. Hoje em dia, o Sampaoli é uma referência no futebol como, por exemplo, Diego Simeone e Marcelo Bielsa. Acredito que ele vai seguir no Sevilla por mais uma temporada”, afirmou ao Estádio Deportivo.

Mesmo com a confiança que Sampaoli irá permanecer no clube, o executivo sabe que não é um contrato que segura um treinador. Se o argentino quiser assumir a albiceleste, o clube espanhol não irá dificultar sua saída.

“Conversei com o Jorge outro dia sobre o assunto e deixei claro que não é uma cláusula contratual que vai segurar ele aqui no clube. O cargo de técnico é totalmente diferente de jogador e pelo bate-papo, acredito que vai permanecer”, finalizou.