Foto: Divulgação

De 14 de junho a 07 de julho deste ano, as dez seleções afiliadas à CONMEBOL e duas equipes convidadas disputarão o título da principal competição entre países do continente. O Brasil joga em casa e tem a grande oportunidade para repetir o feito dos Jogos Olímpicos de 2016 e ficar com o título. Não pode repetir os fracassos das Copas do Mundo de 1950 e 2014 e deixar a taça escapar. Confira abaixo os primeiros prognósticos do certame, de acordo com o Oddsshark.com.

 

Regulamento

Após muitas idas e vindas e muita especulação, foram definidas as regras do torneio. Inicialmente pensou-se em dezesseis participantes, sendo que seis seriam convidados. Os nomes de México, Estados Unidos, Honduras, Costa Rica, África do Sul, Japão, Qatar, Coreia do Sul, Austrália, Espanha, Portugal, Itália e França chegaram a ser ventilados. No final, a FIFA proibiu que equipes da Europa e CONCACAF disputassem o torneio. Finalmente, o Comitê Organizador Local e a CONMEBOL anunciaram as vindas de Qatar, país-sede da Copa do Mundo de 2022, e do Japão, cujas empresas patrocinam constantemente as ideias da entidade sul-americana.

Além das duas nações asiáticas, todos os membros da CONMEBOL têm vaga vitalícia na competição. São eles: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Na primeira fase, os times foram sorteados em três grupos de quatro. Teremos turno único dentro de cada quadrangular. Os dois primeiros colocados de cada e os dois melhores terceiros lugares avançam para o mata-mata.

A partir das quartas de final, teremos partidas eliminatórias simples. Quem vencer, avança; e quem perder, volta para casa. O campeão garante vaga na Copa das Confederações de 2021, se ela ainda existir.

O resultado do sorteio:

  • Grupo A: Bolívia, Brasil, Peru e Venezuela.
  • Grupo B: Argentina, Colômbia, Paraguai e Qatar.
  • Grupo C: Chile, Equador, Japão e Uruguai.

 

Brasil cai em grupo ridículo

Nem Argentina, nem Uruguai, nem Paraguai, nem Colômbia, nem Chile! O Brasil pegou o que talvez sejam as três piores seleções da América do Sul ao longo de toda a história: Bolívia, Peru e Venezuela!

O jogo de abertura será no dia 14 de junho entre brasileiros e bolivianos. A esquadra Canarinho aparece cotada a R$ 1,11 / um, contra tentadores R$ 26,08 / um da Verde, segundo o Oddsshark.com. Além disso, a coluna do meio vale R$ 8,19 / um. Este embate está marcado para o Morumbi.

O segundo compromisso dos atletas de Tite será em Salvador contra a Venezuela, país que nunca se sagrou campeão da Copa América e que tampouco conseguiu produzir um clube campeão da Taça Libertadores, nem da Copa Sul-Americana.

A última partida da primeira fase será contra o Peru, que tem um decadente Paolo Guerrero e que não assusta ninguém. Esta peleja está agendada para a Arena Corinthians.

A título de curiosidade, no dia 15, venezuelanos e peruanos se enfrentam e os Incas são favoritos.

 

Argentina no grupo da Morte

A Argentina não terá moleza na fase de grupos. A Albiceleste encara Colômbia e Paraguai na primeira fase, além da baba do Qatar. Os argentinos está há vinte anos sem dar uma volta olímpica. Nem a presença de Lionel Messi tem ajudado nossos Hermanos. Os de azul e branco debutam contra a Colômbia e devem prevalecer: R$ 2,18 / um, contra R$ 3,54 / um dos produtores de café. Ainda de acordo com o Oddsshark.com, o empate paga R$ 3,20 / um.

O Paraguai é franco favorito frente aos sheiks do Oriente Médio: R$ 1,65 / um, contra R$ 6,02 / um e R$ 3,56 / um, se ninguém for melhor do que ninguém.

 

Uruguai e Chile favoritos na chave C

O maior campeão da história da Copa América é o Uruguai que caiu num quadrangular razoável. A Celeste Olímpica deve bater Equador e Japão. O maior desafio de Luiz Suárez será o Chile, atual bicampeão da Copa América.

Na primeira rodada, os uruguaios devem nocautear os equatorianos (R$ 1,62 / um, contra R$ 6,54 / um) e os chilenos devem trucidar os japoneses (R$ 1,92 / um, contra R$ 4,37 / um).

 

1ª Fase, 1ª rodada:

Sexta-feira, 14 de junho:

23h30: (R$ 1,11) Brasil x Bolívia (R$ 26,08) (Empate R$ 8,19)

 

Sábado, 15 de junho:

18h00: (R$ 3,75) Venezuela x Peru (R$ 2,21) (Empate R$ 3,03)

21h00: (R$ 2,18) Argentina x Colômbia (R$ 3,54) (Empate R$ 3,20)

 

Domingo, 16 de junho:

18h00: (R$ 1,65) Paraguai x Qatar (R$ 6,02) (Empate R$ 3,56)

21h00: (R$ 1,62) Uruguai x Equador (R$ 6,54) (Empate R$ 3,55)

 

Segunda-feira, 17 de junho:

22h00: (R$ 4,37) Japão x Chile (R$ 1,92) (Empate R$ 3,28)

 

Apostas Futuras (Outrights) pelo título:

Ainda não foram divulgadas as cotas de apostas futuros pelo título da Copa América de 2019.