COMPARTILHE
do-euforico-ao-recatado-como-os-bolivianos-viram-a-classificacao-do-jorge-wilstermann-Futebol-Latino-10-08
Foto: AFP

De desacreditado a protagonista de um grande feito, o Jorge Wilstermann conseguiu parar o ataque do Atlético-MG e conseguiu, com o 0 a 0, uma vaga nas quartas de final da Copa Libertadores da América.

Leia mais: Flamengo goleia o Palestino e avança na Copa Sul-Americana
Grêmio sai atrás no marcador, bate Godoy Cruz e passa de fase na Libertadores

E os jornais bolivianos, atentos e até mesmo eufóricos com o feito histórico do clube de Cochabamba, não perderam a oportunidade de exaltar o feito do clube Aviador.

Segundo o Diez, um dos principais veículos esportivos do país, o sugestivo adjetivo do “Mineiraço” foi adaptado de maneira bem adequada a situação: “Wilstermann deu o ‘Mineiraço’ da Copa”.

Já para o Los Tiempos, o clima foi muito mais voltado ao caráter da improbabilidade de obter a classificação mesmo tendo vencido o jogo de ida em território boliviano por 1 a 0. Por isso, a chamada para o empate no Brasil foi: “Wilster cumpre o sonho e passa as quartas”.

O mais comedido dentre os principais meios esportivos da Bolívia acabou sendo o La Razón, limitando-se a informar: “Wilstermann classifica as quartas da Libertadores ao empatar em 0-0 com o Atlético Mineiro.”