SHARE
Foto: Fox Sports

Demitido da Arábia Saudita, o técnico Edgardo Bauza não deve ficar muito tempo desempregado. Isso porque o nome do argentino é um dos favoritos para assumir a seleção do Equador.

Leia Mais: Time colombiano demonstra interesse em Miguel Borja
Depois de 10 anos, Ezequiel Lavezzi deve retornar ao futebol argentino

No país sul-americano, a chegada de Bauza é vista com bons olhos pela torcida e imprensa, principalmente por conta do título da Libertadores conquistado em 2008, quando ainda comandava a LDU.

Após a saída da Arábia, Patón concedeu entrevista e revelou que a sua demissão foi realizada por motivos políticos, já que não tinha nenhum problema com os jogadores e diretores locais.

“Não esperava essa demissão. Nós estávamos muito bem com o trabalho, jogadores e se adaptando ao novo país. A minha saída foi por conta de uma briga política com um dos ministros do país. Até o momento tenho quatro propostas e duas são da Europa”, afirmou.

No comando da Arábia Saudita, Patón teve três jogos com uma vitória (Letônia) e duas derrotas (Bulgária e Portugal).