COMPARTILHAR
seis-brasileiros-presentes-na-selecao-de-ex-companheiros-de-ze-roberto-Futebol-Latino-05-12
Foto: Cesar Greco

*Por Mônica Alvernaz

O Brasil e Argentina da próxima terça ganhou um ingrediente a mais. Além de toda a rivalidade já conhecida do grande clássico Sul-Americano, a ausência de Lionel Messi, por vontade do próprio jogador, chamou atenção.

Leia mais: Hernán Gómez faz curiosa comparação depois de Catar x Equador
Neymar lamenta ausência de craque argentino no clássico: “É uma pena para o futebol”

A priori, como uma decisão temporária, o camisa 10 argentino pediu para se ausentar das partidas que a Argentina disputará ainda este ano.

Quando o assunto é Seleção Brasileira, o tema se repete e, a exemplo do que ocorreu com Messi na Albiceleste, alguns nomes ficaram de fora por opção própria.

Por variados motivos, os jogadores pediram para não vestir a amarelinha em algumas partidas ou competição ao longo dos anos. Confira abaixo alguns destes nomes.

1 – Taffarel

O grande nome do gol brasileiro, atuante no elenco que conquistou o tetra em 1994, Taffarel foi convocado em 1999 pelo então técnico Vanderlei Luxemburgo. Apesar disso, o goleiro enviou um comunicado à CBF agradecendo ao convite, mas dizendo que seu ciclo pela seleção havia se encerrado no ano anterior.

2 – Zé Roberto

Aposentado recentemente dos gramados, Zé Roberto, que atuou pelo Palmeiras até 2017, foi mais um a recusar convocação para Seleção Brasileira. Em 2007, às vésperas da Copa América, o agora ex-jogador declarou durante entrevista coletiva, em sua despedida do Santos, que não atuaria pela seleção pelo torneio que estava por vir, por acreditar não ter físico para tal.

3 – Leandro

Um dos grandes nomes do elenco rubro-negro da década de 80, teve um curioso comportamento ao se recusar jogar pela seleção. Próximo à Copa do Mundo de 86, ele e Renato Gaúcho foram flagrados em uma fuga concentração da seleção comandada por Telê Santana. A indisciplina rendeu o corte para os dois jogadores, mas o lateral foi perdoado mais tarde e novamente chamado. No entanto, em solidariedade ao amigo Renato, Leandro recusou a convocação.

4 – Ronaldinho Gaúcho

Na lista dos astros que passaram pela Seleção Brasileira, Ronaldinho também está entre os jogadores que optaram por não vestir a amarelinha em algum momento. Em 2007, com a seleção sob o comando de Dunga, Ronaldinho pediu para não ser convocado e causou polêmica. No ano seguinte, ele chegou a defender novamente o Brasil nas Olimpíadas, mas acabou eliminado pela rival Argentina.

5 – Muricy Ramalho

Nem só de jogadores a lista é feita. Com grande prestígio no futebol brasileiro, Muricy foi convocado para assumir a seleção brasileira após a queda de Dunga em 2010, consequência da eliminação da Copa daquele ano. Na época, Muricy Ramalho alegou que não poderia descumprir o compromisso com o Fluminense, time que comandava, e optou por seguir no clube carioca.

COMPARTILHAR
A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.