COMPARTILHE
Fonte: Gabriel Rossi/LatinContent/Getty Images

*Por Tiago Emanuel

Segundo colocado no Campeonato Argentino com 70% de aproveitamento, o San Lorenzo de Almagro foi eliminado da Copa Argentina e da Sul-Americana num intervalo de 6 dias. Nestor Ortigoza, capitão e ídolo local, acusa a Associação do Futebol Argentino por não ajustar seu calendário com o da CONMEBOL e as datas FIFA. “A AFA é um desastre, fazem tudo o que querem, e tudo mal”, declarou o volante Ortigoza.

Leia mais:

Chapecoense empata de novo com o San Lorenzo e está na final da Sul-Americana

Saiba quais ídolos sul-americanos nunca disputaram a Champions League

Na última quinta-feira, 17, a equipe foi eliminada pelo Gimnasia La Plata na Copa Argentina. A partida aconteceu dois dias depois da data FIFA, sendo que o San Lorenzo não pode contar com quatro de seus titulares. No domingo,20, houve a vitória sobre o Independiente no Campeonato Argentino, mas três dias depois o time foi eliminado pela Chapecoense, no oeste de Santa Catarina.

O segundo semestre da equipe de Almagro vinha chamando a atenção da imprensa local, mas as duas eliminações seguidas foram um balde de água fria no time do Papa Francisco. Ainda aturdido com a eliminação, Nestor resolveu culpar a Associação pelo ocorrido: “É um desastre, no futebol argentino fazem o que querem, mudam os calendários, ajustam as rodadas em cima da hora”.

O paraguaio é um dos remanescentes do elenco que venceu a Libertadores em 2014, e tem ligação muito forte com os torcedores. Ortigoza já disputou 169 partidas pelo San Lorenzo em seis temporadas a serviço dEl Ciclón. A equipe de Almagro ainda disputa o campeonato local. Após 10 rodadas, o San Lorenzo está a 5 pontos do líder Estudiantes. Ainda faltam 20 rodadas para o fim da competição.