SHARE
em-clima-decisivo-e-papel-de-medico-guillermo-pena-chega-ao-wlstermann-Futebol-Latino-11-11
Foto: APG

A três pontos do líder do Clausura boliviano, o Bolívar, o Jorge Wilstermann mudou seu comando técnico para um profissional que chega em pleno clima de decisão mesmo restando ainda sete partidas para o término da competição.

Leia mais: Rogério Ceni manda recado aos torcedores do Fortaleza; Confira
Argentina joga bem e derrota a Rússia com gol de Agüero

Em entrevista dada por Álvaro Guillermo Peña, novo técnico do Aviador que assume o lugar deixado por Roberto Mosquera, não teve dúvidas de qual é a sua visão a respeito da atitude que necessariamente assumirá a partir desse final de semana quando estreará pelo clube de Cochabamba:

“Meu corpo técnico e eu somos homens do futebol, assumimos esse posto com toda a responsabilidade e conscientes do que jogamos. A partir desse domingo são sete finais que assumiremos sonhando e esperançosos, Wilstermann é uma equipe grande e precisamos trabalhar para seguir em frente.”

Para exemplificar a urgência de conseguir resultados, o profissional que teve como última função ser assistente técnico no Dínamo de Kiev (Ucrânia) se comparou a um profissional da área da saúde:

“O técnico é como um médico, chega o doente e ele precisa curá-lo, buscaremos resultados importantes, no domingo já temos um desafio e queremos ganhá-lo.”

Além de Peña, chegam para compor a equipe técnica do Jorge Wilstermann o preparador físico francês Sebastián Giralt, o assistente técnico brasileiro Thiago Leitão, o também assistente Roberto Brunetto além do treinador de goleiros Roberto Ariñez.