COMPARTILHAR
Foto: Ricardo Duarte/Internacional

No Bento de Freitas, o Brasil de Pelotas derrotou o Internacional por 1 a 0 e voltou a dividir a liderança no Campeonato Gaúcho com o Caxias. O gol da vitória veio aos 40 minutos da primeira etapa com Itaqui. O Colorado fica na quarta colocação com 9 pontos ganhos.

O Brasil de Pelotas volta a campo na próxima quarta-feira, quando encara o Grêmio, em Porto Alegre. Enquanto isso, o Colorado recebe o São José, na quinta-feira, no Beira-Rio.

O jogo

O primeiro tempo foi quente no Bento de Freitas. Com uma equipe repleta de reservas, o Internacional pouco agredia e quase levou um gol no primeiro minuto com Éder Saciola, que arriscou um belo chute e Lomba conseguiu defender.

Na casa dos 33 minutos o Inter sofreu uma baixa. Com cartão amarelo, Ruan comete falta em Toty e acaba expulso pela arbitragem.

Com um jogador a mais, o time Xavante tomou conta das ações e chegou ao primeiro gol na casa dos 40 minutos. Após sobra de bola na grande área, Itaqui encheu o pé e mandou para o fundo do gol, 1 a 0.

Com a vontade de matar o confronto, o time Xavante jogava melhor e teve duas grandes oportunidades. Na primeira, Toty arrancou em velocidade e no rebote da zaga, o atacante soltou a bomba e mandou para fora. Na segunda, Itaqui soltou o canhão e Lomba executou um verdadeiro milagre.

Nos minutos finais, o Inter tentou pressionar, mas a equipe de Odair Hellmann não conseguiu o sonhado com de empate.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS 1 X 0 INTERNACIONAL
Local: Bento de Freitas, Pelotas (RS)
Data-Hora: 04/2/2018 – 17h00
Árbitro: Roger Goulart (RS)
Auxiliares: Alduíno Mocelin(RS) Michael Stanislau (RS)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Heverton, Deyvid Saconi, Éder Saciola, Leandro Camilo, Itaqui (BRA), Ruan, Marcinho, William Pottker, Charles (INT)
Cartões vermelhos: Leandro Camilo (BRA) Ruan (INT)
Gols: Itaqui (40’/1ºT)

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Éder Saciola, Leandro Camilo, Heverton e Bruno Collaço; Leandro Leite, Itaqui (Van Basty, aos 38/2ºT), Calyson e Dayvid Sacconi (Luiz Henrique, aos 15/2ºT); Toty e Luiz Eduardo (Robério, aos 39/2ºT). Técnico: Clemer
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Ruan, Danilo Silva, Thales e Iago; Rodrigo Dourado, Charles, Marcinho (William Pottker, aos 13/2ºT), Camilo (Claudio Winck, aos 0/2ºT) e Patrick; Roger (Juan Alano, aos 31/2ºT). Técnico: Odair Hellmann