COMPARTILHAR
em-jogo-com-muita-coisa-envolvida-rafael-carioca-comemora-primeiro-titulo-mexicano-Futebol-Latino-11-12
Foto: Divulgação

Disputar um clássico sempre é algo que traz uma carga de tensão. Agora, imagine esse tipo de confronto valendo o título nacional como foi o caso de Monterrey e Tigres no último final de semana pelo Apertura da Liga MX?

Leia mais: Chegou a hora! Grêmio entra em campo por vaga na decisão do Mundial
Bolívar empata com Nacional Potosí e leva o bicampeonato do Clausura

Pois foi exatamente isso que ocorreu e a vitória foi dos felinos em pleno BBVA Bancomer, para a festa dos torcedores locais e também do volante brasileiro Rafael Carioca, contratado no meio do ano junto ao Atlético-MG.

Tentando dar a real noção do tamanho da importância que era a de conseguir o título do Apertura ainda mais se tratando de um confronto regional de tamanha rivalidade, Rafael usou o exemplo do embate mineiro Cruzeiro x Atlético para dimensionar a final mexicana:

“Tinha muito coisa envolvida, a rivalidade entre os dois clubes é muito grande. É como se fosse um Atlético-MG x Cruzeiro, mobiliza toda a cidade. Como empatamos em casa, tínhamos que fazer o jogo das nossas vidas no estádio deles. E foi o que aconteceu.”

Além disso, o atleta de 28 anos de idade com passagens no Brasil também por Grêmio e Vasco frisou como foram relevantes as características da equipe nos quesitos superação e inteligência durante o jogo para alcançarem o objetivo máximo.

“Levamos um gol logo aos dois minutos, mas soubemos nos impor e viramos ainda no primeiro tempo. Fomos inteligentes e soubemos administrar bem na etapa final, conquistando um título muito importante para a história do Tigres. Estou muito feliz”, concluiu Rafael Carioca.