SHARE
Foto: Divulgação Brasil de Pelotas

*Juliano Rangel – Colaborador do Futebol Latino

Um com o objetivo de sair do Z4 e outro querendo se afastara desta zona incomoda. Esses foram os respectivos roteiros de Santa Cruz, que empatou em 2 a 2 com o Oeste, e do Brasil de Pelotas, que ficou no 0 a 0 com o América Mineiro.

Leia Mais: Guarani fica no empate com o ABC e pode entrar no Z-4
Boa Esporte segura líder Internacional em empate sem gols

Empate no abafa

A torcida cobra coral compareceu em peso no Estádio do Arruda para apoiar o Santa Cruz, que desde o primeiros minutos só foi ataque. O atacante Grafite era um dos mais acionados e a equipe pernambucana também chegar por meio das bolas paradas.

Toda a pressão do Santa se transformou em gol, aos 25 minutos, com o atacante Bueno, mas o árbitro Elmo Alves Resende Cunha assinalou toque de mão de Grafite após o cruzamento que deu origem ao gol. Se a equipe da casa não marcou, o Oeste conseguiu abrir o placar.

Aos 29 minutos, o volante William Cordeiro foi derrubado na área por João Paulo e árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o meio-campo Mazinho – artilheiro do campeonato -, anotou seu 14º gol na competição. O Santa Cruz ainda tentou o empate na primeira etapa, mas não levou susto a meta do goleiro Rodolfo.

Na segunda etapa, a equipe pernambucana voltou com a mesma postura e disposta a igualar o placar. Após pressionar, aos 10 minutos a equipe do técnico Marcelo Martelotte conseguiu empatar, na cobrança de pênalti de Grafite, que havia sofrido a falta dentro da área.

A alegria do gol durou apenas seis minutos e acabou em mais um gol do meio-campo Mazinho. O camisa 10 do Oeste avançou pela esquerda e, na altura do bico da grande área, bateu uma bola com curva, no canto esquerdo de Júlio César.

Naquela altura, o desespero tomou conta da torcida e se refletiu nos jogadores do Santa. Na base do nervosismo, a equipe pernambucana novamente chegou ao empate, com o meio-campo João Paulo, que aos 34 minutos, da entrada a área, de bico, mandou no canto esquerdo goleiro Rodolfo para deixar tudo igual.

Ainda deu tempo do Santa Cruz pressionar em busca da virada, mas o placar acabou ficando mesmo no 2 a 2.

Com o empate, o Santa permanece na 18ª colocação, com 30 pontos. Já o Oeste fica na 6ª colocação, com 48 pontos. No próximo sábado (21), o Santa visita o Brasil de Pelotas, às 17h30, no Estádio Bento Freitas, enquanto que Oesta joga, novamente, fora de casa contra o Vila Nova, no Estádio Serra Dourada, no mesmo horário.

0 a 0 em Pelotas

Buscando se afastar ainda mais das últimas posições, o Brasil de Pelotas recebeu o América Mineiro no Estádio Bento Freitas. Na primeira etapa, a equipe da casa foi quem chegou com mais perigo ao ataque, enquanto que o Coelho chegava nos contra-ataques.

No segundo tempo, o goleiro João Ricardo continuou tendo trabalho e viu o atacante Cassiano, de cabeça, e o lateral Leandro Leite, em um chute de fora da área, mandarem duas bolas no seu travessão.

Mesmo com a grande ofensividade do Brasil de Pelotas, a equipe mineira conseguiu segurar as ações do jogo e garantir o seu 10º empate na competição. O Brasil fica na 10º colocação, com 38 pontos, enquanto que o América permanece na 2ª colocação, com 55 pontos.

Na próxima rodada, mais precisamente no próximo sábado (21), às 17h30, no Estádio Bento Freitas, o Brasil de Pelotas recebe o Santa Cruz, enquanto que o América Mineiro enfrenta o Paraná, no Estádio Independência, às 19 horas.