Foto: Divulgação

A terça-feira promete altas doses de emoção na cidade de Guayaquil. Após vencer o primeiro duelo por 2 a 1, o Barcelona reencontra o Defensor e precisa de um simples empate para avançar na Libertadores. Enquanto isso, os uruguaios chegam com a necessidade de vencer por dois gols de diferença.

Leia Mais: Destaque no Sub-20 do Uruguai vai jogar na MLS
Macará e Guabirá encerram a terça-feira da Sul-Americana

No duelo de ida o Barcelona foi melhor. A equipe do técnico Guillermo Almada cansou de perder gols, mas só chegou ao gol da vitória nos acréscimos. Sendo assim, o time equatoriano quer mais efetividade ao longo dos 90 minutos para avançar sem sustos.

No ataque, a grande esperança do time amarelo é Marcos Caicedo. O jogador foi um dos melhores no duelo de ida e atazanou a defesa uruguaia.

Se o time equatoriano chega ‘tranquilo’, o mesmo não pode dizer do Defensor. A equipe uruguaia saiu no prejuízo dentro de casa e agora precisa reverter a desvantagem diante de um time tradicional do continente.

Como se não bastasse toda a dificuldade que o duelo apresenta, a falta de ritmo pesa no momento decisivo, já que a temporada no Uruguai ainda não começou.

Prováveis Escalações

Barcelona: Damián Frascarelli; Bryon Castillo, Félix Torres, Robert Herrera e Beder Caicedo; Gabriel Marques, Sebastián Pérez, Ely Esterilla, Christián Alemán e Marcos Caicedo; Oscar Estupiñan. Técnico: Guillermo Almada.

Defensor: Gastón Rodríguez; Emanuel Beltrán, Santiago Carrera, Nicolás Correa e Alejandro Villoldo; Alvaro González, Ramiro Cristóbal e Martín Rabuñal; Ignácio Laquintana, Pablo López e Álvaro Navarro. Técnico: Jorge da Silva.