SHARE

O ano do Barcelona de Guaiaquil no âmbito equatoriano pode estar um pouco distante do que o torcedor do Ídolo está acostumado, mas certamente a participação na Libertadores com a chegada na semifinal tem o deixado eufórico. Entretanto, dois dos muitos responsáveis pelo feito já atraem os olhares até mesmo de quem sentiu na pele a sua capacidade.

Leia mais: Vitória do Vasco sobre o desesperado Sport rende lucro de 401% nesta segunda
Os principais estádios do México não foram afetados pelo terremoto, segundo autoridades

Segundo informações que foram publicadas nessa segunda-feira (25) pelo portal UOL, o Santos, último time a ser eliminado pelos equatorianos na Liberta, incluiu em sua lista de possíveis contratações já visando a temporada 2018 dois nomes atualmente no Barce: O meia Damián Díaz e o centroavante Jonatan Álvez.

Nos dois casos, apesar da valorização que existe de atletas de outros países sul-americanos em verem no Brasil uma grande vitrine para ir, por exemplo, ao futebol europeu, podem não ser transações tão simples. Isso porque a identificação com o clube e um interesse anterior de outro mercado forte possuem seu potencial de frustrar os planos do Peixe.

Sobre Álvez, pouco antes do primeiro jogo em Guaiaquil foi especulado um interesse do Beijing Guoan em levar o avante uruguaio para o mercado chinês e, apesar de nenhuma proposta oficial formatada, o sucesso ainda maior do Barcelona na Copa Libertadores certamente aumentaria a possibilidade de uma nova investida do mercado oriental.

Já sobre Díaz, a adaptação do jogador com o país é tamanha que, mesmo argentino de nascimento, em 2017 o atleta se naturalizou equatoriano estando já na quinta temporada com a camisa do clube amarelo. Além de, evidentemente, ser  hoje um dos maiores ídolos do elenco para o torcedor do Barcelona de Guaiaquil ao lado do volante Matías Oyola, do próprio Jonatan Álvez e do arqueiro Máximo Banguera.

SHARE