SHARE
Foto: Lucas Uebel

Consagrado dentro das quatro linhas, o lateral-direito Léo Moura marcou mais um golaço fora delas. Através da sua própria escolinha de futebol, o jogador irá apoiar um projeto que leva a pelota para mais de 400 crianças em Realengo, no Rio de Janeiro.

Leia Mais: Ceará decide seu futuro na Série B nas próximas cinco rodadas
Uma vaga estaria em aberto no Grêmio para ser inscrito na Libertadores

Com a participação do experiente jogador gremista, a expectativa é que a escolinha de Realengo ganhe bolas, uniformes e aumente o atendimento para 700 pequenos craques que sonham em um dia se tornar jogador de futebol.

Dono do projeto há 20 anos, Marcelo Noberto vibrou com a mais nova parceria. “Com a chegada deste apoio, como bolas e uniformes, tenho certeza de que nossa média de atendimento, que é de 400 alunos, vai aumentar. Além da qualidade do material, temos a marca do Léo Moura, que é uma referência para as crianças”, declarou.

Além do atleta, o projeto teve apoio institucional da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje). “O projeto de escolinhas Léo Moura é muito bacana porque, além de ter uma preocupação com a formação da criança e do jovem enquanto cidadão, transmitindo valores, é uma grande oportunidade para revelar talentos”, aspas do secretário Thiago Pampolha.

O projeto

O objetivo principal do projeto da Escolinha de Futebol e Cidadania Léo Moura é incentivar a prática da modalidade em áreas carentes. As inscrições dos alunos podem ser feitas no próprio local, com um dos professores. Os interessados devem preencher a ficha de inscrição e apresentar um comprovante de escolaridade e um atestado médico que os habilite para a prática esportiva.

Serviço:

Inauguração do núcleo Realengo da Escolinha de Futebol e Cidadania Léo Moura
Dia 08 de outubro – domingo
Horário: 14 horas
Praça da COHAB – Conjunto Capitão Teixeira – Realengo