Foto: Divulgação

Ex-goleiro da seleção do México, Omar Ortiz foi julgado pela justiça mexicana por conta de três sequestros, inclusive de uma menor de idade e foi condenado por 75 anos de prisão.

Leia Mais: Cecílio Domínguez se torna a maior contratação da história do Independiente
Zagueiro Javier López na mira de gigante sul-americano

Esta não é a primeira encrenca que Ortiz se mete nos últimos tempos. Em 2012, ele foi condenado por se envolver com o tráfico de drogas e foi obrigado a se afastar dos gramados.

Aos 42 anos, El Gato teve passagens pelo Monterrey, clube o qual foi revelado, Celaya, Necaxa, Jaguares de Chiapas, Atlante e voltou ao Monterrey no fim da carreira.

Pela seleção do México, Ortiz fez parte do elenco que disputou a Copa Ouro de 2002 e foi eliminado nas quartas de final.