SHARE
ex-jogador-brasileiro-garante-que-quase-foi-parar-no-chelsea-em-2002-Futebol-Latino-01-05
Foto: Action Images

Com muita história vestindo as camisas principalmente de
Real Madrid e da Seleção Brasileira, o ex-jogador e hoje técnico Roberto Carlos poderia ter tido um rumo direcionado ao campeonato inglês, mais precisamente a cidade de Birmingham.

Leia mais: Loco Abreu marca o primeiro gol na Segunda Divisão do Uruguai
Jorge Sampaoli evita comentar sobre a seleção argentina na entrevista coletiva

Em uma entrevista que foi dada pelo brasileiro ao jornal britânico The Sun, o baixinho que tinha uma força descomunal principalmente em seus chutes de canhota afirmou que Aston Villa e Birmingham estiveram interessados na época em que ele atuava pelo Palmeiras:

“Eu na verdade fiquei perto de me transferir para o Aston Villa no começo da minha carreira. Me encontrei com o clube, mas nada aconteceu. O Birmingham também teve interesse, mas não foi a lugar nenhum e depois acabei acertando com a Inter de Milão.”

Depois dessa oportunidade, Roberto teve boas temporadas com a vestimenta neriazzurri, porém foi no Real que o lateral-esquerdo deslanchou e se tornou um dos grandes ídolos da história merengue.

Hoje com 44 anos, Roberto Carlos ainda acrescentou que, logo no momento em que o bilionário russo Roman Abramovich assumiu o controle do Chelsea no ano de 2002, ele foi procurado para se transferir a Londres:

“Me encontrei com Roman Abramovich em Paris e conversamos, mas tiveram algumas coisas que não conseguimos nos acertar. Ficou próximo, mas, no final, não foi possível.”