negocio-fechado-ldu-anuncia-antonio-valencia-como-reforco-da-equipe-Futebol-Latino-28-06
Foto: Reprodução/LIGA TV

A polêmica festa da seleção equatoriana na Copa América continua dando o que falar. Um dos envolvidos na ‘balada’ foi Antonio Valencia, atualmente na LDU e que sofre com a ira da torcida, que não perde a oportunidade de provocá-lo em dia de jogo.

Leia Mais: Gigante sul-americano corre o risco de perder o técnico para o Oriente Médio
Boca Juniors define multa rescisória milionária para Ramón Ábila

Chateado com a ‘perseguição’ ao seu jogador, o técnico Pablo Repetto utilizou a imprensa para pedir respeito ao ex-Manchester United e fez uma comparação com Diego Maradona, que já teve inúmeros problemas extra-campo, porém, a sua imagem continua intacta em relação ao povo argentino.

“Não quero entrar em nenhum tipo de polêmica, mas acredito que a sociedade equatoriana não respeita o Valencia. Vejo como o Maradona é tratado na Argentina e invejo a situação, pois o povo argentino está sempre ao lado dele. Quando o Maradona vai ao estádio de um rival é aplaudido e tratado como Deus”, declarou na coletiva.

“O Valencia tem uma carreira esplendorosa, consolidada e uma marca muito forte dentro do Manchester United. Agora, só pelo fato de ter tomado duas cervejas, uma tequila e participado de uma festa na concentração não presta mais. Todo mundo tem o direito de fazer o que quiser”, disparou.

Relembre o caso

Durante a pífia campanha do Equador na Copa América do Brasil, a imprensa divulgou que os atletas realizaram uma festa no dia da eliminação regada bebida alcoólica e mulheres no quarto. Entre os atletas que participaram estava Antonio Valencia, que semanas depois acertou a sua volta ao futebol equatoriano para defender a LDU.