SHARE
Jose Luis da Conceição/AE

*Por Rodrigo Sturaro

O goleiro Juan Carlos Henao, líder do Once Caldas campeão da Libertadores em 2004 e ex-jogador do Santos, vai abandonar oficialmente sua carreira no próximo dia 3 de janeiro em partida amistosa que será realizada no Estádio Palogrande, em Manizales.

Leia mais: Técnico uruguaio assume o Málaga até o fim da temporada
Mercado da Bola: Chelsea pode levar Chicharito Hernández

Henao, que no próximo dia 30 da janeiro vai completar 45 anos, falou sobre a partida que vai reunir vários jogadores que levaram o Once Caldas ao topo da América em 2004. O “espetáculo para toda família”, como definiu Henao, será a última partida de uma carreira de muito sucesso na Colômbia. A decisão de enfim abandonar o futebol foi tomada com o consentimento de todos os familiares.

“A Aranha”, como Henao é chamado pelos torcedores do Once Caldas, continuará trabalhando no clube, mas nas categorias de base. Henao acredita que é necessário fortalecer a posição de goleiro no futebol colombiano, já que vários clubes contam com estrangeiro para esta posição em seus elencos.

“Temos que continuar dando confiança para os goleiro daqui. Existe muitos estrangeiros e isso sinceramente me preocupa muito. Quanto ao Once Caldas, nunca me senti pressionado por causa da minha idade. Sou um abençoado porque pude estrear e finalizar minha carreira aqui”, disse Henao, que atuou pelo Santos em 2005.

Por usar cabelos compridos, calções curtos e estar constantemente adiantado em relação a sua meta, Henao chegou a ser considerado na Colômbia como o sucessor do lendário René Higuita, porém não conseguiu alcançar o sucesso esperado na seleção colombiana, onde disputou apenas 12 partidas.