Foto: Getty Images

*Por Mônica Alvernaz

Após deixar o comando do Boca Juniors em dezembro de 2018, Guillermo Barros Schelotto não demorou a ser anunciado como novo comandante do Los Angeles Galaxy. Agora na MLS, o técnico argentino vive as primeiras experiências pelo clube norte-americano.

Leia mais: Internet “reacende” chance de Douglas Costa no Manchester United
Nos Estados Unidos, zagueiro uruguaio recebe elogios de Ibrahimovic e Schelotto

A primeira partida de Schelotto no Estádio Dignity Health Sports Park foi ainda marcada pela estreia do uruguaio Diego Polenta, um dos principais reforços do Los Angeles Galaxy para temporada.

O resultado do jogo, entretanto, não foi o ideal, já que a equipe comandada por Schelotto não saiu do 1 a 1 diante do Toronto. Este foi o segundo jogo do treinador argentino pelo Los Angeles Galaxy, mas o primeiro que ele disputou como mandante. Na partida que marcou a estreia, o triunfo veio pelo placar de 4 a 1 em cima do Vissel Kobe.

Aos 45 anos, Guillermo Barros Schelotto assumiu o Los Angeles Galaxy no lugar do interino Dominic Kinnear. Pelo segundo ano a equipe norte-americana não conseguiu classificação para os playoffs, o que acabou motivando a saída do antigo comandante.

Schelotto deixou o Boca Juniors no final de 2018, depois de comandar o clube argentino por quase 3 anos. A saída do técnico aconteceu poucos dias após a derrota dos Xeneize pro grande rival River Plate, na Libertadores.