expulso-em-classico-tecnico-do-universitario-sai-sob-protecao-policial-Futebol-Latino-16-04
Foto: Reprodução/Twitter

Apesar do embate dentro das quatro linhas no último domingo (14) em Lima com o clássico entre Alianza Lima e Universitario que terminou em 3 a 2 para os visitantes ter sido deliciosamente emocionante, uma nota triste envolvendo o técnico Crema, Nicolás Córdova, acabou afetando a beleza do confronto.

Leia mais: Jogador da Argentina rebate acusação de entrega de resultado no Sul-Americano
Ronaldinho assistirá estreia da Colômbia na Copa América em Bogotá

Com a marcação do terceiro gol por parte de La U e a entrada de Córdova em campo para comemorar o tento, a arbitragem de Diego Haro expulsou o comandante do Universitario. E, ao invés de ir para o camarote do estádio Alejandro Villanueva, Córdova preferiu ir direto aos vestiários atravessando o gramado com direito a proteção de escudos policiais para evitar que ele fosse atingido por objetos lançados pela torcida.

Segundo declarou o comandante do Universitario passado o jogo, ele entendeu que não haveria problema em sua iniciativa pelo fato do confronto estar paralisado além de entender que sua presença nas tribunas poderia inflamar ainda mais a torcida dos Íntimos:

“Fui para os vestiários porque me expulsaram, pelo ambiente que estava no momento considerei que o melhor era ir para os vestiários do que a arquibancada. A partida estava parada e eu consegui cruzar o campo.”

Confira a conturbada saída de campo do técnico do Universitario: