SHARE

É natural principalmente para os clubes de maior tradição quando disputam a Série B do Campeonato Brasileiro ansiarem desesperadamente para que o “pesadelo” de estar no segundo escalão acabe o mais rápido possível.

Leia mais: Após agressão a juiz, árbitros não apitam jogos do Campeonato Uruguaio
Artilheiro colombiano do Vitória não deixa de lamentar mesmo com triunfo

No entanto, isso não tem significado, pelo menos quando o assunto é o Internacional, que a calculadora está sempre à mão e pronta para fazer a contabilidade de quantas vitórias mais serão necessárias para garantir o acesso.

A prova disso é o tom que os atletas tem demonstrado nas entrevistas em preferirem ver a competição como uma série de “finais” do que propriamente alguma projeção mais distante.

“Acho um pouco cedo para pensar dessa forma. Seria até uma falta de respeito com os outros times que estão brigando ali também. Se a gente pensar assim, pode não conseguir. Até chegar aos pontos que a gente quer, temos que ter humildade e seguir firmes”, disse o volante Edenílson quando questionado sobre o tema.

O arqueiro Danilo Fernandes seguiu a mesma linha de raciocínio: “Não estamos pensando a longo prazo, isso pode atrapalhar nosso rendimento. Vamos degrau a degrau atrás do objetivo.”

SHARE