COMPARTILHAR
(170924) -- ISTANBUL, Sept. 24, 2017 -- Fenerbahce player Josef De Souza Dias (C) vies with Besiktas players Jeremain lens (L) and Oguzhan Ozyakup during their Turkish Super League match in Istanbul, Turkey, on Sept. 23, 2017. Fenerbahce won 2-1. ) (SP)TURKEY-ISTANBUL-SOCCER-TURKISH SUPER LEAGUE-FENERBAHCE VS BESIKTAS HexCanling PUBLICATIONxNOTxINxCHN

Os jogos clássicos do futebol na Turquia sempre proporcionam embates que elevam com certa facilidade os ânimos da torcida e dos envolvidos em um jogo como Fenerbahçe e Besiktas. E, no último sábado (23), a situação não foi diferente.

Leia mais: Depois de acesso garantido, Fortaleza vai buscar novo objetivo
Volta de Mauricio Pinilla ao Chile tem sido um reencontro com os gols

A partida que aconteceu no Estádio Sukru Saracoglu teve seu primeiro gol aos 20 minutos saindo dos pés do brasileiro Giuliano em cobrança de pênalti. Depois disso, enquanto Vincent Janssen aumentou a dianteira para os donos da casa aos 43 minutos já do tempo complementar, Ryan Babel diminuiu a desvantagem para o Besiktas.

No entanto, os três tentos estiveram longe de serem os momentos de maior euforia para quem marcou e nervosismo para quem sofreu. Isso porque o zagueiro português Neto e o lateral-esquerdo turco Ismail Koybasi do lado do Fener além de Oguzhan Oyzakup, o canadense Atiba Hutchinson e o também lusitano Ricardo Quaresma por parte dos visitantes tiveram que ir para o chuveiro mais cedo.

Dos dois lados haviam três atletas latino-americanos começando o embate: Mauricio Isla, Souza e Giuliano por parte do Fenerbahçe e Gary Medel, Atiba Hutchinson e Anderson Talisca no Besiktas.