SHARE

*Por Mônica Alvernaz

Após empatarem sem gols na Arena Condá na última semana, Flamengo e Chapecoense voltaram a se enfrentar na noite desta quarta (20) por uma vaga nas quartas da Copa Sul-Americana. A equipe rubro-negra conseguiu dominar praticamente toda a partida e venceu com tranquilidade a Chape, pelo placar de 4 a 0, avançando de fase na competição.

Leia mais: River Plate x Jorge Wilstersmann em Buenos Aires: ‘Remontada’ ou sequência do sonho?

Primeiro Tempo

Jogando em casa e precisando vencer, o Flamengo começou se movimentando mais na partida e conseguiu abrir o placar logo no início do jogo, em lance polêmico. Trauco cruzou na área buscando Guerrero, o camisa 9 parou no goleiro da Chape, mas a bola sobrou para Cuéllar, que balançou as redes adversária fazendo 1 a 0 para a equipe carioca. No lance, o bandeirinha deu impedimento, mas o árbitro da partida assinalou lance legal por desvio na cabeça do zagueiro da Chapecoense.

O Flamengo seguiu dominando o jogo e ainda no primeiro tempo conseguiu ampliar o placar. Everton Ribeiro lançou Guerrero, que dominou a bola, girou e achou William Arão, que garantiu o 2 a 0 no placar. A Chape tentava emplacar no contra-ataque, mas a dificuldade na hora da finalização impedia que a equipe catarinense chegasse com perigo à área rubro-negra.

Apenas aos 43 minutos do primeiro tempo que a Chape levou perigo à área do Flamengo. Após receber bola, Penilla chutou forte cruzado e obrigou boa defesa de Diego Alves no lance. No rebote do goleiro rubro-negro, Wellington Paulista tentou completar para o gol, mas acabou resvalando o braço na bola e parou o lance, mantendo o placar em 2 a 0 na primeira etapa.

Segundo Tempo

O primeiro lance da segunda etapa pareceu replay do último lance de perigo do primeiro tempo. Penilla recebeu novamente a bola e arriscou chute, assim como no lance anterior, Diego Alves fez a defesa e evitou o gol da Chape. O camisa 7 da Chape levou novamente perigo à área, com chute cruzado.

Apesar das boas chances criadas pela equipe de Chapecó, foi o Flamengo que balançou novamente as redes, aos 17 minutos. Em cobrança de falta de Pará, Guerrero subiu de cabeça, o goleiro Jandrei defendeu e a bola sobrou nos pés de Juan. O zagueiro, com tranquilidade, chutou em direção ao gol, a bola ainda bateu no travessão e morreu nas redes, encaminhando a classificação com 3 a 0 no placar.

Com a diferença de três gols no placar, o Flamengo passou a administrar o tempo até o final do jogo. Por sua vez,  a Chape pareceu entregue e pouco conseguiu chegar ao ataque, sem levar grande perigo à área rubro-negra na reta final da partida. Como quem não faz leva, a equipe carioca chegou ao quarto e derradeiro gol na Ilha. Em lançamento longo, Lucas Paquetá dominou a bola e, com categoria, bateu para estufar novamente às redes adversárias, fechando o placar em 4 a 0 no Rio de Janeiro.

Garantido na próxima fase da Sul-Americana, o Flamengo espera o vencedor de LDU e Fluminense, na próxima quinta (21), para conhecer seu adversário nas quartas de final.

SHARE