Foto: Divulgação/Colo-Colo

Se Mario Salas era unanimidade em sua chegada no Colo-Colo, hoje em dia a história é bem diferente. Criticado pela torcida, o treinador tem tido pouquíssimos motivos para comemorar e vê a chance de conquistar o campeonato chileno se distanciar a cada rodada.

Leia Mais: Boca Juniors define multa rescisória milionária para Ramón Ábila
Ídolo mexicano faz crítica dura a Tata Martino após goleada

Diante da turbulência dentro do ambiente Albo, a imprensa local divulgou que, nos próximos dias, os empresário de Salas aguardam uma oferta para o treinador dirigir um time dos Emirados Árabes.

Inicialmente, a oferta é considerada irrecusável pelo seus pares. O único problema é que o treinador não cogita deixar o Cacique até o fim do seu contrato, válido até dezembro de 2020. Por outro lado, o seu staff promete tentar convencê-lo de aceitar a proposta.

Lembrando que, apesar da vontade de permanecer no Colo-Colo, a pressão em cima de Salas ficou ainda maior depois da última rodada do torneio nacional, quando a sua equipe foi superada dentro de casa pelo Cobresal.

Após 20 rodadas do Campeonato Chileno, o Colo-Colo está na vice-liderança, com 33 pontos, 13 a menos que a Universidad Católica.