Foto: Divulgação

O domingo foi quente no futebol mexicano. Durante o jogo entre Chivas Guadalajara e Tigres, válido pela 2ª rodada da Liga MX, o técnico Tomás Boy e o atacante Gignac trocaram insultos e por muito pouco não entraram e vias de fato.

Leia Mais: Latinão: “Gringos” da Liberta mais perderam do que pontuaram no fim de semana
Universidad Católica vence fora e dispara na ponta do campeonato chileno

O motivo da confusão toda foi o próprio Tigres. Hoje, técnico, Tomás Boy afirmou que é o número 1 dos felinos como artilheiro, o que incomodou o francês, que retrucou e ambos começaram a discutir.

Ao perceber o entrevero, o árbitro pediu que parassem, mas não teve jeito. A discussão aumentou e só acalmou os ânimos quando distribuiu o cartão amarelo.

Quando o jogo encerrou, com vitória do Chivas por 2 a 0, Gignac tentou ir de encontro a Tomás Boy, porém foi contido pelo médico do Tigres.

Confira a cena: