SHARE
Foto: AFP

Franco Armani cansou de esperar pela Argentina. Durante a entrevista coletiva desta quinta-feira, o goleiro do Atlético Nacional revelou a decepção por nunca ter sido ser chamado para defender seu país e afirmou que deseja jogar pela seleção da Colômbia.

Leia Mais: Imprensa mexicana coloca colombiano como “obsessão” do Barcelona
Santos de Guápiles e Olimpia decidem a Liga da CONCACAF de 2017

“É obvio que me interessa jogar pela Colômbia. Já esperei muito tempo pela Argentina e nunca tive a oportunidade de ser convocado, então não me empolgo mais com essa possibilidade e procuro uma chance no país onde jogo”, disparou.

Apesar de todo o prestígio que goza no futebol colombiano e ser um dos grandes nomes da conquista do Atlético Nacional na Libertadores 2016, o arqueiro sequer foi lembrado pelos treinadores que passaram pela albiceleste nos últimos tempos.

Desde 2009, Sergio Romero, reserva do Manchester United, da Inglaterra, é o dono da posição e mesmo sem passar a confiança necessária, tem o seu posto garantido no gol argentino. Entre os reservas, os comandantes costumam variar entre Rulli, Marchesín, Andújar e Guzmán.

A declaração de Franco Armani coloca ainda mais pressão no titular colombiano David Ospina, que tem sido fortemente criticado pela mídia local por conta do baixo rendimento nas rodadas finais das Eliminatórias.