COMPARTILHAR
Foto: Divulgação/Manchester City

Campeão da Premier League com o Manchester City e praticamente confirmado na lista de convocados para jogar a Copa do Mundo com a Seleção Brasileira, o goleiro Ederson agora busca um novo objetivo na reta final da temporada: marcar um gol.

Leia Mais: Invencibilidade do Verdy Tokyo tem fase goleadora de brasileiro
Revoltado com arbitragem, Independiente cogita abrir mão da Libertadores

No jogo do último fim de semana contra o Swansea, no Etihad Stadium, a torcida do Manchester City pediu para o brasileiro cobrar o pênalti a favor da equipe, mas Gabriel Jesus não quis saber de festa e preferiu executar a cobrança.

Em entrevista à ESPN Brasil, Ederson afirmou que tem capacidade para cobrar os pênaltis, mas deixou claro que só assumiria essa responsabilidade com a autorização de Pep Guardiola.

“Eu os ouvi gritando meu nome, pedindo para bater o pênalti, mas Gabriel Jesus estava lá”, disse à ESPN.

“Infelizmente, ele perdeu o pênalti, mas Bernardo Silva conseguiu marcar. Se o técnico tivesse me dito para bater, eu definitivamente teria feito o gol.

“Não tenho certeza se seria capaz de marcar gols de bola parada, mas sou bom em pênaltis, uso força e técnica quando chuto. O City tem seus batedores de sempre, e há boas opções, mas se Pep me pedir para bater, estarei ali. Espero que isso aconteça, eu gostaria de marcar um gol.”

Contratado a peso de ouro no início da temporada, quando o City pagou 35 milhões de libras (R$ 160 milhões) junto ao Benfica, o goleiro lembrou da pressão que tinha em cima do seu desempenho.

“Eu cheguei com um peso muito grande por causa da minha cara transferência, e haviam muitas dúvidas sobre mim escritas por jornais ingleses, mas eu pude mostrar o meu valor.”