COMPARTILHE
(Foto: Reprodução)

*Por Rodrigo Sturaro

Após a polêmica entre Gonzalo Jara e Edinson Cavani na Copa América de 2015, quando o defensor chileno desferiu uma dedada no atacante uruguaio, o clima nunca mais foi amistoso entre as duas seleções.

Leia mais: Santos Laguna entra com ação na FIFA contra Boca Juniors

Presidente do Atlético Nacional desconhece proposta por Miguel Borja

Após a vitória do Chile por 3 a 1 sobre o Uruguai, na última terça-feira (15), pelas Eliminatórias para a Copa de 2018, Jara novamente voltou a aprontar. Em uma jogada no meio-campo, o chileno agarrou o meia Gastón Ramírez e passou a mão no traseiro do adversário, que reclamou da atitude, porém o lance passou despercebido pela arbitragem.

A Associação Uruguai de Futebol estuda a possibilidade de denunciar Gonzalo Jara para a Conmebol. Caso isso aconteça, o zagueiro pode pegar um gancho pesado, já que seria considerado reincidente após o caso envolvendo Cavani.