SHARE

Após um 2017 conturbado dentro e fora de campo, o Sport começou a mexer em algumas peças da diretoria e anunciou que Gustavo Dubeux deixou o cargo de vice-presidente de futebol.

Leia Mais: Náutico tenta vender atacante para aliviar folha de pagamento
Cebolla Rodríguez marca e Peñarol abre vantagem na final do Campeonato Uruguaio

Em entrevista coletiva, o ex-homem forte do futebol revelou que deixou o posto por questões pessoais e voltará a exercer sua função de Vice-Presidente Executivo do Sport.

“Não vou mais acumular o cargo de Vice-Presidente de Futebol. Continuo como Vice-Presidente Executivo do Clube, mas em 2018 não mais estarei na diretoria de futebol. Já estou sendo bastante procurado pela imprensa, querendo saber novidades e afirmo que o Sport já vem trabalhando na procura de um treinador e também nas negociações com jogadores, agora que o campeonato acabou, de uma forma mais intensa. A diretoria vem trabalhando com afinco. Devido aos meus compromissos profissionais e pessoais deixo o cargo e quero agradecer a convivência, o trabalho, a Aloísio Maluf, Augusto Carreras, Rodrigo Barros, Alexandre Farias, a Comissão Técnica e todo o corpo que nos ajudou durante 2017. O Presidente (Arnaldo Barros) não está aqui comigo por conta de compromissos profissionais inadiáveis, mas Aloísio Maluf veio representando”, disse.

Sobre o ano do clube, Dubeux avalia que a diretoria mais acertou do que errou, apesar do time quase ser rebaixado para a Série B do Brasileirão.

“Vejo mais acertos do que erros. Conversando com algumas pessoas fui questionado quanto ao porquê de dizer que o ano foi positivo e, se em 2018 o Sport for campeão pernambucano, chegar às quartas da Sul-Americana, às oitavas da Copa do Brasil e permanecer na Série A será um bom ano. É a minha avaliação. Evidente que o rubro-negro pensa grande, sempre quer mais e a gente tem que pensar em fazer mais. Acho que o Sport avançou. Depois de terminar o primeiro turno no sexto lugar não deixa de ter frustração por chegar nas últimas rodadas precisando se manter, mas como um todo acho que foi positivo”, avaliou