SHARE
Foto: Divulgação

Sem atuar pelo time titular do Bahia desde abril, quando sofreu uma fratura na tíbia, o atacante Hernane Brocador foi a grande surpresa de Paulo Cesar Carpegiani neste domingo contra o Flu, no Maracanã.

Leia Mais: Jogador do Vitória lamenta empate e exalta raça do elenco
Vitória falha mais uma vez em casa e fica no empate contra o Atlético-GO

Nos vestiários, o atacante revelou que estava ansioso antes da partida, mas se sentiu bem ao longo do confronto.

“Ansiedade muito grande. Depois de seis meses fazer um jogo como titular, me senti bem”.

O jogador também elogiou o time do Fluminense, que em sua visão, dificultou a vida do Bahia dentro do Maracanã por conta da velocidade.

“Não é fácil jogar aqui, o Fluminense tem um time jovem, acelera bastante o jogo. Mas fomos bem, suportamos a equipe deles, que é qualificada. Pontuamos. Isso é importante”, afirmou.

Por fim, Hernane aproveitou para reclamar de um pênalti que sofreu ainda no primeiro, quando ele foi derrubado pelo zagueiro Gum.

“Eu conversei com juiz. Falei com ele que entre o pênalti e o gol, sempre vou buscar o gol. Faz parte do futebol. Ele é ser humano. As vezes não vai ver. Infelizmente não deu, mas faz parte do futebol”.