Foto: AFP

Alvo de críticas por não corresponder em jogos decisivos, o argentino Gonzalo Higuaín desabafou ao diário ‘Marca’ após a classificação da Juventus, na Champions League, diante do Tottenham.

Leia Mais: Atacante uruguaio pede para deixar PSG, informa jornal
Fator casa fez a diferença para Toronto FC e Seattle Sounders

“A Juve uma equipe que jamais cruza os braços e aceita a derrota com naturalidade. Nossa sina é lutar até o fim e colocar o coração dentro de campo para vencer”.

“Não ligo muito para essas críticas que tem alta dose de maldade. Normalmente entram por um ouvido e saem pelo outro”, completou.

No bate-papo, Higuaín também comentou sobre seu retorno à seleção argentina. O atacante foi convocado por Jorge Sampaoli e irá defender a albiceleste contra Espanha e Itália, em amistosos preparatórios para a Copa do Mundo da Rússia.

“É uma alegria muito grande na carreira defender o meu país. Serão dois jogos importantes e tenho a chance de mostrar o meu valor”, concluiu.