Honduras-Nova-Zelandia-Mundial-Sub-20-Futebol-Latino-24-05
Foto: Getty Images

Na cidade polonesa de Lublin, mais precisamente na Arena Lublin, a seleção da Nova Zelândia estreou muito bem no Mundial Sub-20 nessa sexta-feira (24) pelo Grupo C com goleada sobre Honduras por 5 a 0. Com isso, além dos três primeiros pontos, os Kiwis abrem boa vantagem de saldo de gols em chave onde também estão Uruguai e Noruega, adversários também dessa sexta às 15h30 (horário de Brasília) em Lodz.

Leia mais: Paulo Autuori deixa o comando técnico do Atlético Nacional
Boca Juniors comemora 19 anos de vitória épica contra o River Plate

Primeiro tempo

Aos oito minutos, um cruzamento do lado direito do ataque do selecionado da Oceania até tentou ser cortado pelo lateral Darwin Diego, mas, com a meta vazia, ele jogou contra o próprio patrimônio. Pelo outro lado, surgiu a jogada que aumentou a dianteira já aos 17 minutos quando Elijah Just cruzou e Ben Waine chegou rapidamente para bater na saída de José Garcia.

O domínio de posse de bola e maior organização na troca de passes era notável. Não à toa, aos 26 minutos, o cruzamento vindo do lado esquerdo feito pelo meio-campista Joe Bell chegou a quicar na grande área e Waine, absolutamente livre, mandou de peixinho para as redes e fez o terceiro do selecionado da Oceania.

O placar poderia ter sido ainda maior se o mesmo Waine tivesse conseguido finalizar com mais ângulo após tabela pelo lado direito do ataque, mas o chute acabou rente a trave de Garcia e o arqueiro, mesmo com relativa dificuldade, conseguiu fazer a intervenção.

Tamanha era a dificuldade que o time hondurenho tinha tanto para passar pela acertada marcação neozelandesa e acionar seu sistema ofensivo que foram apenas dois chutes com apenas um no alvo e um escanteio nos 45 minutos iniciais por parte dos latinos. Dando, à partir daí, uma noção de tamanho o controle do confronto que obteve a Nova Zelândia.

Segundo tempo

Assim como foi no início do confronto, logo no princípio da etapa complementar ficou latente o domínio dos Kiwis quando, em nova jogada envolvente no ataque, Just apareceu novamente bem para dar a assistência onde Sarpeet Singh apareceu frente a frente com José Garcia.

O goleiro de Honduras até fez a defesa parcial, mas a bola bateu em sua perna e seguiu para o fundo das redes.

Depois disso, com as alterações dois dois lados e o visível abalo emocional que os latinos mantiveram explícito na falta de criação de jogadas mais perigosas, o jogo seguiu em ritmo morno.

Com isso, antes da confirmação da goleada neozelandesa com o apito final do árbitro venezuelano Alexis Herrera, ainda houve tempo para Matthew Conroy fazer o quinto e fechar a conta na Arena Lublin.