Foto: Divulgação

Após conquistar a UEFA Champions League por três vezes consecutivas, o Real Madrid atravessa um dos momentos mais delicados da sua história. Em menos de uma semana, a equipe foi eliminada do torneio continental, Copa do Rey e viu as chances de vencer a La Liga diminuírem drasticamente.

Leia Mais: Especial Racing: 20 anos do jogo que nunca existiu
Luis Suárez parabeniza Ajax por goleada no Real Madrid

Como não poderia ser diferente, a pressão cima de Santiago Solari aumentou consideravelmente e a imprensa espanhola começa a projetar quem será o novo técnico da equipe para reformular o elenco.

Entre os candidatos, José Mourinho parece ganhar a dianteira, mas um ex-jogador Merengue já fez questão de falar com o presidente Florentino Pérez. Trata-se de Hugo Sanchéz, lendário atacante mexicano que defendeu o Madrid por sete anos e demonstrou a sua vontade de assumir a equipe.

“Sempre estou disposto a colaborar com a minha casa, que é o Real Madrid. O presidente Florentino Pérez já sabe de forma direta, sem precisar de intermediadores, que estou à disposição para ajudar da melhor maneira possível”, disparou.

Aos 60 anos de idade, Hugo Sánchez vestiu a camisa do Real de 1985 a 1992. Durante esta época, o mexicano disputou 282 jogos e anotou 208 gols.

Sonho de Consumo

Não é de hoje que Hugo Sánchez sonha em treinar o Real Madrid. Toda vez que um técnico fica pendurado ou é demitido, o latino aparece na mídia e se coloca à disposição para comandar a equipe.