Foto: Marlon Costa/ Pernambuco Press

*Por Mônica Alvernaz

O ano no Náutico começou movimentado. Participando de três competições simultaneamente, Roberto Fernandes, comandante da equipe pernambucana, tem feito rodízios no time para conseguir dar conta do recado neste início de temporada.

Leia mais: Após goleada no estadual, Rogério Ceni é só elogios ao time do Fortaleza
Em alta no Grêmio, Jailson deve ser titular em partida da Recopa

Até o momento, Roberto Fernandes utilizou 31 jogadores nos testes realizados na equipe do Náutico. Entre as improvisações realizadas, uma vem dando resultado melhor que o esperado.

Meia de origem, Wallace Pernambucano foi escalado com posição mais ofensiva pelo técnico do Náutico e emplacou boa sequência: em seis jogos disputados foram 5 gols marcados.

A opção por escalar o jogador de 31 anos no ataque foi, de acordo com Roberto Fernandes, uma forma de oferecer liderança e experiência aos jogadores mais novos.

“Temos alguns jogadores experientes, como Negretti, Josa, Wendel agora. Ofensivamente temos um ataque muito jovem. Com exceção de Daniel Bueno, só temos garotada no ataque e o Wallace é sem dúvida essa liderança no ataque”.

O que começou como improviso, acabou dando tão certo que, hoje, Wallace Pernambucano acaba levando vantagem sobre Daniel Bueno, que joga originalmente no ataque.

Apesar da boa fase, em breve Wallace Pernambucano terá uma disputa de peso no ataque do Náutico. Recém-contratado, Ortigoza deve estrear na equipe pernambucana ainda este mês.

O próximo desafio do Náutico está marcado para a próxima quarta (14), pela Copa do Brasil. Em jogo único, a equipe do técnico Roberto Fernandes duelará forças com o Fluminense de Feira para saber quem avança na competição.