Venezuela-Equador-Sul-Americano-Sub-20-Futebol-Latino-1-10-02
Foto: Divulgação/Conmebol

Uma das figuras mais marcantes no inédito título do Equador no Sul-Americano Sub-20 desse ano no Chile, o centroavante Leonardo Campana é alvo do futebol europeu, mais precisamente da Internazionale (Itália).

Leia mais: Garantido nas oitavas, Olimpia recebe o pressionado Sporting Cristal
Neymar iria para o Real com James Rodríguez chegando no PSG

Os valores da transação segundo informações da mídia italiana pelo veículo FC Inter News podem girar de 8 a 15 milhões de euros (R$ 35,2 a R$ 66,1 milhões). Tudo dependeria da possibilidade de comprar 75 % dos direitos do atleta sul-americano com direitos em futura revenda mantidos por parte do Barcelona de Guayaquil ou a aquisição de 100%.

A família de Campana já teria sido contatada pelo time da Velha Bota, mas inicialmente o acordo havia ficado distante dos valores pedidos pela empresa que gerencia a carreira do atacante equatoriano, a TFM.

A companhia em questão tratou, por exemplo, da transação onde o atacante Vinicius Júnior foi vendido pelo Flamengo para o Real Madrid em julho de 2017 pela bagatela de 45 milhões de euros (na época, equivalente a R$ 168,7 milhões).

A expectativa é que, seja negociado com os Neriazzurri ou outro clube europeu, Campana sequer retorne para o Barce após a disputa do Mundial Sub-20 na Polônia entre os meses de maio e junho.