SHARE
Foto: Ricardo Duarte/Internacional

A indefinição a respeito de quem será o técnico do Internacional terminou antes mesmo do penúltimo mês do ano chegar ao fim. E o desfecho foi de que a diretoria do clube gaúcho decidiu por manter Odair Hellmann no cargo de técnico, agora como efetivo.

Leia mais: Cerro não segura Peñarol e Carbonero fica com o título do Clausura
Camilo aponta motivo para perda do título e projeta 2018 do Inter

Segundo declaração dada pelo vice-presidente de futebol, Roberto Melo, o próprio Odair já sabia que essa seria a decisão dos cartolas do Inter, acrescentando o fato de ter sido decisivo o seu desenvolvimento e relação com os atletas:

“Odair já tinha conhecimento que seria o treinador. A decisão foi amadurecendo. Pelo que vem fazendo, pelo respeito que tem dos atletas, dos treinadores que passaram por aqui, o quanto ajudou a todos.”

Para sustentar a decisão tomada, o vice-presidente fez uma comparação de transição sobre Odair Hellmann e outros nomes do futebol brasileiro que viveram situação semelhantes ao profissional:

“Odair é identificado com o Inter, vem se preparando há muito tempo. É um profissional que tem o total respeito dos atletas. Os treinadores hoje com maior evidência não tem esse perfil cascudo. Se a gente ver o campeão brasileiro, não tem esse perfil: o Carille. O Jair Ventura também era auxiliar há pouco tempo. O Zé Ricardo vem tendo destaque e também era auxiliar.”

Segundo informação do portal Globoesporte.com, o profissional de 40 anos de idade fará no mês de dezembro um período de estágio no Paris Saint-Germain, da França, para adquirir novos conhecimentos.