COMPARTILHE
Foto: Divulgação Monarcas Morelia

Se o fim de semana no Brasil foi marcado por muita polêmica nos clássicos, o mesmo não pode se dizer no México. Durante um jogo amistoso, o atacante Luis Gabriel Rey, do Monarcas de Morelia, se recusou a bater um pênalti mal marcado contra o América. O árbitro ouviu o jogador e voltou atrás na marcação.

Leia Mais: Junior Barranquilla pode acertar com técnico velho conhecido da torcida
Apenas um dos próximos duelos nas Eliminatórias da CONCACAF tem equilíbrio histórico

O jogo aconteceu nos Estados Unidos e o América vencia por 1 a 0. Em levantamento na grande área, Gastón Lezcano, do Morelia, encheu o pé e a bola explodiu nas costas do brasileiro William. O árbitro considerou que a finalização pegou no braço do jogador e apontou para a marca de cal, porém para a sua sorte foi corrigido.

Após o jogo, Luis Gabriel Rey falou com a imprensa e confirmou que auxiliou o juiz para evitar um erro grave. “A honestidade está acima de qualquer coisa”.

Apesar da boa ação do jogador, a sua equipe foi derrotada por 2 a 0 no amistoso. Confira o lance abaixo: