Foto: ABC Color

*Por Mônica Alvernaz

Ao que parece, a saída de Rodrigo Rojas do Cerro Porteño não foi nada amigável. Após o clube paraguaio emitir comunicado oficial acusando o jogador de não ter comparecido à reunião, em que seria tratada seu futuro no clube, o jogador quebrou o silêncio e falou sobre o caso.

Leia mais: Infantino opina sobre a realização da final da Libertadores: “A bola não pode parar”
Relembre as edições da Copa Libertadores que foram decididas em campo neutro

Durante entrevista coletiva em sua casa no último sábado, quando esteve nas dependências do clube para buscar seus pertences, Rojas concedeu uma entrevista coletiva disparando contra a diretoria do Cerro Porteño.

“Não é verdade que não me apresentei e que fui irresponsável. Jamais partiu um assunto econômico da minha parte. Mentiram para a torcida porque eles não tem como comprovar o que disseram”.

O atleta ainda se mostrou seguro quanto à sua posição no caso, destacando sua postura durante sua passagem pelo clube paraguaio. “Estou tranquilo pela maneira que me comportei neste tempo, porque priorizei o grupo em detrimento dos meus interesses pessoais. Espero que este assunto se encerre aqui. Minhas palavras foram para me despedir da torcida do Cerro”.

Por fim, Rojas ainda dedicou uma mensagem especialmente aos torcedores da equipe paraguaia. “Agradeço à torcida do Cerro Porteño, que me acompanhou por quatro anos e estiveram comigo nas mais diferentes situações. Meu carinho e respeito a todos vocês”.

Revelado pelo Cerro Porteño, Rodrigo Rojas passou por clubes Olimpia, River Plate e Universidad de Chile. Em 2015, ele retornou ao clube paraguaio que começou a carreira, encerrando sua passagem na última semana.

Confira abaixo o comunicado na íntegra emitido pelo Cerro Porteño.